A “Cenários da Práxis Pedagógica - Revista do PPGDEB” é um veículo eletrônico acadêmico, na área do Ensino, concebido pelo Mestrado Profissional em ‘Docência para Educação Básica” da UNESP/FC-Bauru e desenvolvido em parceria com a Gradus Editora, empresa privada de produção bibliográfica acadêmica também localizada no município de Bauru. O periódico, de fluxo contínuo e de publicação semestral, de acesso e submissões gratuitas, tem como objetivo a divulgação, por meio da Open Science, de artigos, resenhas, relatos de experiências e produtos educacionais que tenham como escopo a práxis pedagógica na Educação Básica, nas seguintes linhas de pesquisa:

1: Fundamentos do Ensino e da Educação Básica;

2: Conceitos específicos para o Ensino e suas metodologias;

3: Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação Básica.

 

Apoio Institucional: A Revista tem apoio institucional da Universidade Estadual Paulista (Unesp), do Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica da Unesp/Bauru (PPGDEB) e da Gradus Editora.

 

Periodicidade e Fluxo de Submissão: A revista publica seus números semestralmente e recebe trabalhos em fluxo contínuo. Em situações de grande número de trabalhos aprovados serão publicados os textos com data de submissão mais antiga e os demais textos serão publicados no número corrente seguinte. Cada número da revista terá, no mínimo, 10 (dez) publicações, divididas entre as seções. A CENÁRIOS DA PRÁXIS PEDAGÓGICA também proporá Dossiês, com temas e datas específicas, mas sem periodicidade confirmada.

 

Seções:

 

  • Artigos: Relatos de pesquisas concluídas, síntese de pesquisa original.

 

  • Relatos de experiência: Seção voltada, sobretudo, para o relato de experiências de professores da Educação Básica.

 

  • Produtos educacionais: Seção voltada para divulgação de produtos educacionais, resultados de mestrados profissionais da área do ensino. Definição de Produto Educacional - “No Mestrado Profissional, distintamente do Mestrado Acadêmico, o mestrando necessita desenvolver um processo ou produto educativo e aplicado em condições reais de sala de aula ou outros espaços de ensino, em formato artesanal ou em protótipo. Esse produto pode ser, por exemplo, uma sequência didática, um aplicativo computacional, um jogo, um vídeo, um conjunto de videoaulas, um equipamento, uma exposição, entre outros. A dissertação/tese deve ser uma reflexão sobre a elaboração e aplicação do produto educacional respaldado no referencial teórico metodológico escolhido. A área de Ensino entende como produto educacional o resultado de um processo criativo gerado a partir de uma atividade de pesquisa, com vistas a responder a uma pergunta ou a um problema ou, ainda, a uma necessidade concreta associados ao campo de prática profissional, podendo ser um artefato real ou virtual, ou ainda, um processo. Pode ser produzido de modo individual (discente ou docente) ou coletivo. A apresentação de descrição e de especificações técnicas contribui para que o produto ou processo possa ser compartilhável ou registrado.” (Documento da Área 46 – Ensino – da CAPES).

  • Resenhas: As resenhas destinam-se a avaliações críticas de publicações recentes na área de ensino que tenham registro no sistema ISBN (livros).

Propriedade intelectual

A CENÁRIOS DA PRÁXIS PEDAGÓGICA: REVISTA DO PPGDEB, adota a licença Creative Commons BY-NC do tipo "Atribuição Não Comercial". Essa licença permite, exceto onde está identificado, que o usuário final remixe, adapte e crie a partir do seu trabalho para fins não comerciais, sob a condição de atribuir o devido crédito e da forma especificada pelo autor ou licenciante.

 

Políticas de taxas

Não há cobrança de taxa para submissão, avaliação ou publicação dos textos.

 

Política de privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.